Perguntas Frequentes DSD (Português)

ELEGIBILIDADE

Posso candidatar-me a uma bolsa do Programa DSD se não sou um(a) cidadã(o) ou residente permanente de um país da América Latina ou do Caribe?

Embora preferência seja dada a cidadãos, você não precisa ser um(a) cidadã(o) ou residente permanente de um país da América Latina ou Caribe para se inscrever. No entanto, você precisa demonstrar sua integração na e comprometimento com a região.

Posso candidatar-me se sou um(a) cidadã(o) ou residente permanente de um país da América Latina ou do Caribe, mas estou estudando ou trabalhando fora da região?

Sim, mas somente se você demonstrar claramente que está completamente integrado(a) na e comprometido(a) com a região e que a natureza dos seus estudos/trabalho não indica sua intenção de estabelecer-se permanentemente fora da região.

O que você quer dizer com “integração na e comprometimento com a região”?

Uma das metas do Programa DSD é desenvolver capacidade na América Latina e no Caribe. Portanto, os candidatos precisam demonstrar que são participantes ativos na comunidade de pesquisa da região e que estão comprometidos com a América Latina e Caribe como foco de suas pesquisas. Uma série de fatores será considerada para avaliar a integração e comprometimento dos candidatos com a região, incluindo, mas não se limitando a, onde a formação de graduação e/ou pós-graduação foi obtida, há quanto tempo estão vivendo ou trabalhando na região, afiliações profissionais e/ou acadêmicas, participação em organizações profissionais e o histórico de pesquisa/publicações.

Há um limite de idade?

Não.

Existe uma exigência de diploma?

Os candidatos devem possuir o diploma final em seu campo de estudo ou demonstrar claramente que possuem experiência equivalente como pesquisadores na área de drogas à época da inscrição. Se estiverem aplicando com base em sua experiência profissional, os candidatos devem possuir, no mínimo, um diploma de bacharel em qualquer disciplina.

Posso candidatar-me caso esteja atualmente em um curso de mestrado ou doutorado?

Sim, mas somente se você preencher todos os outros critérios de elegibilidade e demonstrar claramente sua experiência profissional prévia na área de drogas na América Latina e no Caribe.

Posso candidatar-me a uma bolsa do Programa DSD se sou um pesquisador em uma área fora das ciências sociais, mas que aborde questões diretamente relacionadas a drogas ilícitas?

Sim. O Programa DSD aceita propostas de pesquisa de todas as disciplinas desde que os critérios de elegibilidade da bolsa sejam observados e a relevância política do seu projeto de pesquisa seja claramente demonstrada.  Caso tenha alguma dúvida se o seu campo ou objeto de estudo é elegível para a bolsa, por favor entre em contato conosco pelo e-mail dsd@ssrc.org.

O Programa DSD tem alguma restrição geográfica ou temática?

Sim. As pesquisas financiadas pelo Programa DSD devem abordar o tema das drogas na América Latina e no Caribe em relação a um dos tópicos elegíveis listados na página web da bolsa. Propostas que identifiquem regiões fora da América Latina ou do Caribe como um caso para investigação comparativa são elegíveis, mas não as propostas com foco predominante ou exclusivo em regiões fora da América Latina ou do Caribe. Por favor, observe que, embora o Programa DSD aceite propostas que incluam pesquisas comparativas fora da América Latina e do Caribe, talvez não seja possível o financiamento de viagens para pesquisa fora dessa região. Além disso, preferência na seleção será dada a pesquisas relevantes para política públicas com foco nos países listados na página web da bolsa.

Como posso ter certeza de que meu tema está no escopo do Programa DSD?

As pesquisas financiadas pelo Programa DSD devem abordar um dos tópicos elegíveis listados na página web da bolsa. Projetos cujo foco primário não seja o tema das drogas e não estejam no âmbito da lista de tópicos elegíveis serão eliminados da competição. O programa incentiva projetos comparativos e interdisciplinares.  Nós também incentivamos pesquisas dentro e sobre os países indicados na página web da bolsa.

O Programa DSD vai financiar projetos de pesquisa fora da América Latina e do Caribe?

Não.

Já estou conduzindo uma pesquisa sobre um dos temas propostos. Posso usar a bolsa do Programa DSD para estender minha pesquisa e/ou escrever sobre o assunto?

Sim. Candidatos que já estejam conduzindo pesquisas em um dos temas propostos devem discutir o progresso já alcançado e destacar como a bolsa do Programa DSD permitiria ainda mais progresso.

Posso tirar uma folga da pesquisa financiada pela bolsa para assistir ou dar aulas ou mesmo trabalhar?

Idealmente, as pesquisas financiadas pela bolsa devem ser concluídas dentro de um período contínuo. No entanto, o Programa DSD está disposto a trabalhar com os candidatos que precisam de um tempo entre os períodos de pesquisa em campo e de redação dos resultados devido a outros compromissos anteriores, tais como obrigações de ensino e cursos. Os bolsistas não poderão trabalhar em nenhum outro projeto durante o período de pesquisa em campo, mas o trabalho concomitante durante o período de redação dos resultados será avaliado pelo programa caso a caso.

Qual é a duração mínima da pesquisa?

A bolsa dá apoio de, no mínimo,  três meses e, no máximo, seis meses para pesquisa em campo e redação dos resultados. Nenhuma bolsa será concedida para projetos com menos de três meses de pesquisa e redação. O apoio concedido pelo Programa DSD deve começar a partir de 1 de julho de 2015 e deve terminar até 31 de julho de 2016.

Posso passar o período de redação dos resultados da pesquisa em um país diferente daquele onde conduzi a pesquisa em campo?

Sim, mas você precisa explicar e justificar claramente porque isso seria necessário.

Eu preciso ser especialista em América Latina e/ou Caribe para me candidatar à bolsa?

Não.

Posso candidatar-me novamente caso uma candidatura anterior tenha sido rejeitada?

Sim.

Posso candidatar-me novamente caso tenha recebido um financiamento do DSD em um ano anterior?

Não. No entanto, você pode ser elegível para outras atividades de pesquisa financiadas pelo Programa DSD.

Posso candidatar-me caso tenha recebido financiamento de outra bolsa do SSRC (por exemplo, IDRF ou DPDF)?

Sim.

Projetos em grupo podem receber bolsas?

O Programa DSD financia pesquisas individuais, mas a pesquisa pode fazer parte de um projeto de colaboração em grupo. O Programa DSD financia a pesquisa individual, embora que a pesquisa pode ser parte de um projeto colaborativo. Se a sua pesquisa é parte de um projeto colaborativo e outros membros de seu grupo de pesquisa desejam se candidatar, cada pessoa deverá inscrever-se individualmente e indicar, onde aplicável, se a pesquisa é parte de um projeto colaborativo, explicando claramente a estrutura de colaboração em cada proposta. No entanto, lembre-se de que cada candidatura será considerada individualmente e financiamento para um membro do projeto colaborativo não garante o financiamento para o projeto inteiro.

WORKSHOP

Caso seja selecionado para receber a bolsa, tenho que participar do workshop? Tenho um compromisso programado há muito tempo que coincide com a data do workshop.

Sim. Caso seja selecionado para a bolsa, você deve estar presente no workshop durante toda a sua duração. O workshop geralmente acontece em julho ou agosto. Se você souber que não poderá participar, você não deve se candidatar a uma bolsa do Programa DSD.

Tenho que arcar com as minhas próprias despesas de viagem para o comparecimento ao workshop?

Não. Se receber a bolsa, suas despesas (passagens aéreas, hospedagem, refeições e transporte terrestre) serão custeadas pelo programa. A equipe do Programa DSD providenciará tudo que for necessário para sua viagem.

O que terei de preparar para participar do workshop?

Os bolsistas terão de preparar um breve memorando sobre seu projeto de pesquisa e apresenta-lo durante o workshop para receber comentários. Os bolsistas também terão de comentar os projetos de pesquisa dos outros bolsistas.

PROCESSO DE INSCRIÇÃO

Como me inscrevo para a bolsa do Programa DSD?

Nenhum papel é usado no processo de inscrição. Tudo deve ser preenchido online, por meio do Portal Online de Inscrições SSRC. Você também utilizará esse portal para entrar em contato com suas referências e avaliador(es) de língua estrangeira, completar a seção de relevância da pesquisa, anexar seu projeto de pesquisa, bibliografia, currículo e amostras de trabalho, além de enviar lembretes às suas referências e avaliadores de língua estrangeira.

Tenho de apresentar minha inscrição em inglês?

Não. Sua inscrição pode ser apresentada em inglês, espanhol ou português.

Posso me inscrever por fax ou e-mail?

Não. As inscrições enviadas por fax ou e-mail não serão aceitas. Os candidatos devem preencher as informações necessárias utilizando o sistema de inscrição online (http://soap.ssrc.org). As referências e a avaliação de língua estrangeira também devem ser enviadas online até o prazo final.

Quando é o prazo para a inscrição na bolsa do Programa DSD 2015?

As inscrições devem ser preenchidas e finalizadas online antes das 21h do dia 2 de março de 2015 (ATENÇÃO: o horário do encerramento das inscrições tem como referência o fuso da Costa Leste dos EUA, GMT -5. Verifique qual é o horário correspondente na região onde você se localiza). As cartas de recomendação e a avaliação de língua estrangeira também devem ser enviadas online até o mesmo prazo.

Onde encontro formulários para a carta de recomendação e avaliação de língua estrangeira?

Não existem formulários. Você deve usar as seções "Referências e Avaliação de Língua Estrangeira" na inscrição online para entrar em contato com suas referências e avaliadores. Uma vez que tenha incluído os contatos de suas referências, eles receberão e-mails com instruções sobre como enviar cartas de recomendação ou avaliação de língua estrangeira online. O material enviado será automaticamente adicionado à sua inscrição.

Preciso completar a inscrição de uma única vez?

Não. Você pode retornar à inscrição quantas vezes julgar necessário até o prazo final. Certifique-se de que salvou seu trabalho ao acabar cada seção da inscrição. Uma vez que a inscrição for enviada, você não poderá mais alterar as informações.

Há exemplos de projetos de pesquisa que foram premiados com bolsas?

Não. O Programa DSD não disponibiliza exemplos de projetos bem sucedidos. Para sugestões sobre como escrever um projeto, sugerimos que consulte o artigo A Arte de Escrever Propostas de Pesquisa.

Posso enviar minha inscrição online mesmo se minhas cartas de recomendação e avaliação de língua estrangeira não tiverem sido recebidas?

Sim. Você é fortemente aconselhado a finalizar sua inscrição online com bastante antecedência ao prazo, evitando, assim, quaisquer dificuldades técnicas. Não há necessidade de esperar que suas cartas de recomendação e avaliações de língua estrangeira sejam recebidas para enviar sua inscrição – elas vão ser automaticamente anexadas à inscrição. Você pode continuar checando o status de suas referências/avaliações e enviar lembretes por meio da seção "Monitorar Referências" (Track References) do portal de inscrição, mesmo depois de finalizar o processo e enviar sua inscrição.

COMPONENTES DA INSCRIÇÃO

O que é considerado uma amostra aceitável de trabalho profissional?

Os candidatos são obrigados a apresentar uma cópia em PDF de um trabalho profissional que demonstre sua experiência na área de drogas, bem como suas habilidades de escrita e pesquisa. A amostra pode ser de um artigo, trabalho de pesquisa, capítulo de livro, relatórios ou dossiês sobre políticas públicas, entre outros, e deverá ter sido disponibilizado publicamente (mesmo que apenas on-line) antes da sua apresentação ao Programa DSD. A amostra de trabalho deve variar de cinco a vinte páginas, e mais do que uma amostra de trabalho pode ser incluída para alcançar o mínimo de páginas requeridas, se necessário. Por favor, forneça a citação adequada indicando onde a amostra de trabalho profissional foi disponibilizada ao público.

Por favor, note que todas as amostras de trabalho profissional apresentadas devem ser enviadas para o portal de inscrição on-line em um arquivo único de PDF, mas diferente do arquivo único de PDF que contém a sua proposta de pesquisa, bibliografia e CV, conforme explicado abaixo.

Existem requisitos de formatação para a amostra de trabalho?

Não. A(s) amostra(s) de trabalho profissional deverá(ão) ser apresentada(as) em uma cópia em PDF do arquivo original que foi disponibilizado ao público e submetidas conjuntamente em arquivo único.

A amostra de trabalho profissional precisa ser submetida em inglês?

Não. A amostra trabalho profissional pode ser apresentada em inglês, espanhol ou português.

Quantas cartas de recomendação devo fornecer e a quem devo solicitá-las?

Você precisa submeter duas cartas de recomendação. As cartas de recomendação deverão vir de alguém familiarizado com seu trabalho e pesquisa. Serão aceitas apenas duas cartas de recomendação. Qualquer recomendação adicional será descartada. Siga as instruções apresentadas na seção "Recomendações" (References) do portal de inscrição para enviar um pedido eletrônico aos autores das cartas de recomendações.

Minhas recomendações podem vir de alguém de fora do mundo acadêmico?

Sim. Contudo, suas referências devem estar familiarizadas com sua pesquisa.

Preciso enviar uma avaliação de língua estrangeira?

A avaliação de língua estrangeira é necessária caso seu projeto de pesquisa requeira fluência em outro idioma que não seja o seu nativo. Se for necessário mais de um idioma estrangeiro para realizar sua pesquisa, apresente uma avaliação de língua estrangeira para cada idioma.

A quem devo pedir uma avaliação de língua estrangeira?

Qualquer pessoa que seja profissionalmente qualificada para avaliar sua aptidão linguística pode enviar sua avaliação de língua estrangeira, como, por exemplo, um professor de línguas, um professor de seu departamento ou alguém qualificado para avaliar sua fluência no(s) idioma(s) no momento da candidatura e avaliar sua aptidão linguística para realizar a pesquisa. Exames de idioma estrangeiro de seu departamento não serão aceitos como comprovante de fluência linguística. Por favor, observe que os autores de suas cartas de recomendação não poderão ser os mesmos a apresentar suas avaliações de língua estrangeira.

As cartas de recomendação e avaliações de língua estrangeira devem ser enviadas em inglês?

Não. Essas referências podem ser escritas em inglês, espanhol ou português, de acordo com a preferência daqueles que forem escrevê-las.

Se tiver concluído um grau em um idioma estrangeiro, preciso apresentar uma avaliação de língua estrangeira para esse idioma?

Os candidatos cujo idioma nativo não seja o espanhol e que concluíram um grau em uma instituição cujo idioma seja o espanhol não precisam apresentar uma avaliação de espanhol. O mesmo se aplica aqueles cujo idioma nativo não seja o português e que concluíram um grau em uma instituição cujo idioma seja o português, e aqueles cujo idioma nativo não seja o inglês e que concluíram um grau em uma instituição cujo idioma seja o inglês. Não é preciso apresentar um formulário de avaliação de língua estrangeira caso realize a pesquisa em seu(s) idioma(s) nativo(s).

Existem padrões de formatação para o projeto de pesquisa, bibliografia e currículo?

Sim. Sua proposta de pesquisa, bibliografia e currículo devem constituir um único arquivo PDF sem exceder o total de dezesseis páginas. As propostas de pesquisa não devem ter mais de dez páginas, com espaçamento duplo (inclusive eventuais apêndices ou notas finais). Notas de rodapé e notas finais podem ter espaçamento simples, mas devem estar dentro das dez páginas. A bibliografia não deve ter mais de duas páginas e deve estar no formato padrão de bibliografia, podendo ter espaçamento simples. A bibliografia deve indicar familiaridade com a produção acadêmica regional pertinente ao seu tema. A bibliografia não pode ser substituída por notas finais. O projeto de pesquisa e a bibliografia e currículo devem ser redigidos com a fonte Times New Roman, tamanho 11, com pelo menos 2,4 centímetros de margem em todos os lados. Projetos de pesquisa fora dessas instruções não serão considerados.

Inclua um currículo que detalhe suas experiências civil e profissional relevantes, além da experiência com pesquisa e ensino. Experiências regionais e trabalhos não-acadêmicos nos países onde você pretende desenvolver sua pesquisa, caso existam, também são importantes e devem ser incluídos. O currículo deve ter de uma a quatro páginas e deve ser enviado em inglês, espanhol ou português.

Posso incluir fotos ou gráficos na minha inscrição?

Sim, mas qualquer material não-textual deve estar incluído no total de dez páginas.

Preciso enviar transcrições com a minha inscrição?

Não. Não envie transcrições com sua inscrição.

Preciso enviar cartas de afiliação na minha inscrição?

Não. Não envie cartas de afiliação com sua inscrição.

Como saberei que minha inscrição está completa?

Depois de ter finalizado corretamente sua inscrição, você irá receber um e-mail de confirmação do SSRC. Você pode continuar checando o status das suas cartas de recomendação e da avaliação de língua estrangeira e enviar pedidos de lembrete por meio da seção "Monitorar Referências" no portal de inscrição, mesmo depois de ter finalizado sua inscrição.

SUPORTE TÉCNICO - PROJETO DE PESQUISA, BIBLIOGRAFIA, CURRÍCULO E AMOSTRA DE TRABALHO PROFISSIONAL.

Eu mesmo preciso converter meu projeto de pesquisa, bibliografia e currículo em um arquivo PDF? Não sei fazer a conversão.

Sim. Você deve converter seu projeto de pesquisa, bibliografia, currículo e amostra de trabalho em dois arquivos PDF. A conversão pode ser feita usando o programa Adobe Acrobat Professional, ou algum programa online, como  Adobe Online, CutePDF, ou Zoho Writer.

Por favor, note que sua proposta de pesquisa, bibliografia e currículo devem ser anexados ao formulário de inscrição como um único arquivo em PDF primeiramente e sua amostra de trabalho deve ser anexada ao formulário de inscrição como um único arquivo em PDF em seguida.

Meu documento com projeto de pesquisa, bibliografia e currículo tinha o tamanho correto no meu editor de texto, mas quando converti para um arquivo PDF, excedeu o limite de páginas. A inscrição é válida?

Não. A soma das páginas do projeto de pesquisa, bibliografia e currículo não podem exceder dezesseis páginas no total inclusive no arquivo em PDF.

Eu numerei as páginas do meu documento no MS Word, mas quando converti para um arquivo PDF o formato mudou.

Recomendamos que use a função de inserção de números de página no rodapé da página em vez do cabeçalho.

Eu anexei meu projeto de pesquisa, bibliografia e currículo no formulário de inscrição, mas quando imprimi a inscrição apenas meu currículo apareceu. Meu projeto de pesquisa não foi anexado?

Seu projeto de pesquisa, bibliografia e currículo devem constituir um único arquivo contínuo no formato PDF Se você tentar anexar os três documentos separadamente, cada um irá substituir o anteriormente anexado. Por favor, junte os três documentos em um arquivo PDF só e depois o anexe ao formulário de inscrição.

Eu uso o sistema operacional Mac OS X e tenho dificuldades para anexar arquivos. O que devo fazer?

Existe um problema conhecido - específico em máquinas que usam Mac os x - com transferências de arquivos em uma conexão segura. Você pode anexar arquivos usando uma das seguintes opções: (1) usar o navegador Safari da Apple, ou (2) anexar o arquivo usando outro computador que não use o sistema operacional OS X.

SUPORTE TÉCNICO - REFERÊNCIAS E AVALIAÇÕES DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

O que devo fazer se uma das minhas referências e/ou avaliadores não conseguirem enviar a carta que aceitaram redigir?

Você pode checar o status de suas referências e avaliações de língua estrangeira e enviar lembretes por meio da seção "Monitorar Referências" no portal de inscrição. Se uma das suas opções de referência ou avaliadores de língua estrangeira não conseguirem enviar a carta em seu nome, você poderá enviar um pedido a outra pessoa usando a seção “Referências” na inscrição online. Por favor, observe que serão aceitas as duas primeiras cartas de referências enviadas. As demais serão descartadas. O mesmo vale para as avaliações de idioma.

Minha referência (ou avaliador) não pode (ou se recusa a) usar um sistema online para enviar as referências. O que devo fazer?

Por favor, siga as instruções na seção “Referências” no portal. O Programa DSD precisa desta informação. Sua referência/avaliador irá receber um e-mail da nossa equipe com as informações de como entrar em contato conosco caso não possa usar um sistema online. Iremos trabalhar em conjunto com sua referência/avaliador para garantir que os materiais necessários sejam enviados a tempo. (Observe que tais medidas serão usadas apenas em último caso).

CONCESSÃO DAS BOLSAS

Quando serão anunciados os contemplados com a bolsa?

Todos os candidatos serão contatados pelo programa, via e-mail ou por correio, e informados sobre sua situação em maio de 2015.

Quais são os procedimentos de seleção?

Os bolsistas da serão selecionados pelos membros do Comitê de Seleção do Programa DSD, que se utilizam de procedimentos estabelecidos de revisão em pares na seleção. O comitê inclui membros distintos da comunidade acadêmica e de pesquisa da América Latina, Caribe, Estados Unidos e Europa.

Quantas bolsas são oferecidas por ano?

Aproximadamente cinco bolsas serão concedidas em 2015.

O que acontece se meu projeto for escolhido para financiamento?

Você será contatado por e-mail e pelo correio e receberá as instruções e documentos  para a aceitação da bolsa e preparação do seu orçamento estimado de pesquisa.

Quando eu posso começar minha pesquisa pelo Programa DSD se for selecionado para o financiamento?

A pesquisa subsidiada pelo Programa DSD poderá começar a partir de 1° de julho de 2015 (pesquisas conduzidas antes de julho de 2015 não serão financiadas pelo DSD). Entretanto, observe que os bolsistas precisarão estar presentes no workshop  em julho ou agosto de 2015.

Qual é o valor da bolsa oferecida pelo Programa DSD?

O valor das bolsas varia dependendo do plano de pesquisa. Será dado apoio financeiro para o custeio de despesas de viagem e moradia, assim como os custos associados à pesquisa. Em 2015, o valor médio das bolsas variará, aproximadamente, entre US$ 6.000 e US$ 12.000.

O que a bolsa concedida pelo Programa DSD cobre e o que não cobre?

A bolsa do Programa DSD cobre os custos dos bolsistas em viagens, pesquisas e custos de vida durante o período de até seis meses de pesquisa, incluindo o período para redação dos resultados. O financiamento do Programa DSD não cobre custos escolares, seminários, reuniões, participação em congressos, custos administrativos ou outros custos institucionais. Por favor, observe que você não deve enviar um orçamento junto com seu projeto de pesquisa. Será solicitado somente aos candidatos bem-sucedidos que enviem detalhes de seu orçamento após serem notificados de sua seleção.

A bolsa inclui apoio suplementar para membros da família?

Não.

Estou me candidatando para várias bolsas. Caso seja contemplado pela bolsa do Programa DSD, também posso aceitar bolsas de outros financiadores?

Sim, mas bolsistas não podem aceitar financiamento do Programa DSD e de outra organização para o custeio das mesmas despesas ao mesmo tempo. O Programa DSD vai trabalhar com os bolsistas para chegar a um consenso sobre um valor aceitável para o Programa DSD e para outras organizações financiadoras.

Há alguma exigência de relatórios para a bolsa?

Sim. Os bolsistas devem apresentar dois relatórios sobre questões práticas relacionadas à sua pesquisa, inclusive logística, acessibilidade e relatórios financeiros. Além disso, os bolsistas devem apresentar o resultado de suas pesquisas, que devem ser relevantes para políticas públicas, em até um mês após o término do período da bolsa. O Programa DSD vai trabalhar com os bolsistas para escolher o formato mais adequado, tendo em vista seus campos de atuação, dentre as seguintes possibilidades: trabalho de pesquisa, relatórios ou dossiês sobre políticas públicas, reportagem ou investigação jornalística aprofundadas, proposta de reforma legal ou produção multimídia.

Os benefícios concedidos pelo Programa DSD vão diretamente para os contemplados ou são canalizados através de uma universidade ou instituição?

Todas as bolsas são pagas diretamente aos contemplados pelo Programa DSD.

O Programa DSD dá apoio para vistos ou para certificados/autorizações de pesquisa (por exemplo, IRB)?

Não, os bolsistas são responsáveis pela organização de suas viagens e certificados/autorizações de pesquisa. Nós providenciaremos uma carta de comprovação de sua bolsa para pedidos de visto, caso necessário.